. Contato
por e-mail
. Contato
pelo site
. (15) 3229-4343
. Ligamos
para você
. Boletos
.
.

Sala de imprensa

A Guarda Empreendimentos aposta no desenvolvimento de Sorocaba e região

Zona Oeste de Sorocaba é vetor de crescimento da cidade, diz secretário de Obras

Região destaca-se pela implantação de residencial de alto padrão, das instalações do novo Hospital Regional e da futura Arena Multiuso, sendo a 2ª área que mais cresce no município.

Portaria Raposo Tavares do Residencial Saint Patrick – acesso rapido e sem pedagio

Considerada uma das regiões mais populosas e com grande concentração de atividade comercial em Sorocaba, a Zona Oeste vem recebendo, cada vez mais, investimentos, que contribuem para o desenvolvimento da região e, consequentemente, da qualidade de vida de seus habitantes. A chegada de novos empreendimentos, como as instalações do novo Hospital Regional de Sorocaba, da Arena Multiuso e do Residencial Saint Patrick, loteamento de alto padrão já em sua segunda fase, também colaboram para o crescimento do trecho urbano.

Em uma área de 37,2 mil metros quadrados, cuja doação para o Executivo foi aprovada pela Câmara Municipal, em 2012, o novo Hospital Regional de Sorocaba será construído no km 106 da Rodovia Raposo Tavares. Realizado através de Parceria Público-Privada (PPP), a nova instituição de saúde soma um investimento previsto de R$ 154 milhões e deve começar a ser erguida no final deste ano, com prazo para finalização das obras em 24 meses. O hospital contará com 220 leitos, sendo 110 deles para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de alta complexidade.

Outro investimento já definido para a Zona Oeste é a construção da Arena Multiuso, estrutura apta para receber atividades esportivas, culturais e de lazer. Com investimento total de R$ 14,1 milhões, o espaço está projetado para receber qualquer evento esportivo, incluindo jogos internacionais de alto desempenho, além de ter capacidade para cinco mil pessoas. O projeto também contempla a instalação de um palco, camarote e estacionamento para 250 carros, com posterior ampliação para mais 500 vagas.

Com acesso fácil, rápido e sem pedágios, pela via local da Raposo Tavares, situado no km 108, o Residencial Saint Patrick também é um empreendimento que contribui para o desenvolvimento daquela região. Realizado pela Guarda Empreendimentos, com vendas da Sorocaba Imóveis, o residencial possui lotes a partir de 1.000 m², com o melhor custo-benefício por m², e uma infraestrutura única na cidade, englobando exclusivo projeto de cabeamento elétrico e de comunicação subterrâneo.

Para Aldo Guarda, da Guarda Empreendimentos, e Sérgio Jacinto, da Sorocaba Imóveis, o investimento feito na região, cujos valores somam R$ 50 milhões, continuará contribuindo para o crescimento da Zona Oeste. “Desde a concepção do Residencial Saint Patrick, na Rodovia Raposo Tavares, a Zona Oeste já era vista como região em pleno desenvolvimento na cidade”, afirmam.

De acordo com o secretário de Obras e Infraestrutura da Prefeitura de Sorocaba, José Carlos Comitre, a Zona Oeste sempre foi considerada um potencial vetor de crescimento do município. “A região está no Plano Diretor desde 2004 e, entre os benefícios pensados para a cidade, está a possibilidade de instalação de empreendimentos imobiliários dotados de toda a estrutura e malha viária compatível”, explica o chefe da pasta.

Segundo o professor de Finanças e Estratégia Empresarial da faculdade ESAMC Sorocaba, Luiz Leite, a Zona Oeste é uma região que está em franco crescimento, desde a década de 90, com o surgimento dos bairros Júlio de Mesquita Filho e Wanel Ville. “Existe uma perspectiva bastante positiva sobre a área, que é a segunda que mais cresce na cidade. O volume habitacional dali é maior que em alguns municípios da região, já que a localidade possui um padrão residencial bastante favorável”, ressalta.

Duplicação

Dentre as obras que serão realizadas na Zona Oeste ainda está a duplicação da Rodovia João Leme dos Santos (SP-264), no trecho que liga as cidades de Sorocaba e Salto de Pirapora. Com investimento estimado em R$ 130,2 milhões, o projeto está em fase de concorrência pública e sua duração deve ser de 15 meses, contados a partir de agosto.

De acordo com especialistas do setor, as obras de duplicação, que totalizam 17,5 km de extensão, desenvolverão o mercado imobiliário na região. “Em função das facilidades de acesso que a obra trará, permitindo um escoamento mais rápido do trânsito até o Campolim ou até a Raposo Tavares, a região será beneficiada com um grande desenvolvimento imobiliário”, afirma Sérgio Jacinto, da Sorocaba Imóveis.

Para o secretário de Obras e Infraestrutura, a duplicação deverá trazer, ainda mais, benefícios para a área. “A obra trará melhorias para a mobilidade urbana, trazendo ainda mais conveniência e segurança aos empreendimentos e seus usuários. A duplicação contribuirá, ainda, para a valorização da região”, finaliza Comitre.

Fernanda Burattini

apostando no desenvolvimento de Sorocaba e região

A Guarda soma mais de oito mil lotes vendidos e doze empreendimentos já implantados. Conheça a história da Guarda, baixe nosso e-book.

Acesse
FALE COM A GENTE Clique aqui e entre em contato